20 e poucos anos depois… outro Apple II :-D

Pra começar esse post, preciso contar uma historinha…

Entre o final dos anos 80 e início dos 90, eu e o Beto30, parceiro de longa data, mais precisamente desde os 6 anos de idade (1980), iniciamos um curso de informática. Coisa chique pra época. Pouca gente sabia na verdade o que era informática. Era um curso longo, 6 meses com várias “matérias” e cada uma delas era praticada em um micro diferente.

O primeiro contato

De cara, o primeiro curso era de BASIC e o micro, um Apple II! Várias unidades da Unitron serviam de cobaias para os jovens malucos, incluindo aí eu e o Beto. Assim começou meu desejo em ter um Apple… O curso, além de legal, era uma ótima desculpa para pedir um computador de presente pros meus pais. Mas, tempos difíceis, demorou um bocado pra eu ter o meu… No curso, já estávamos no quarto módulo, praticando “Edição de textos” (eca!) num CP500 quando finalmente ganhei meu primeiro computador. Era um Exato Pro da CCE, usado e bem capenga. Mas era o que dava pra ser… Drive? Nem pensar… era na fita e muitas das vezes eu não conseguia carregar de volta os programas com trocentas linhas de código que havia digitado no dia anterior.

Exato Pro da CCE, meu primeiro micro.    Fonte: http://www.mci.org.br

Vendo meu sofrimento com o malfadado micrinho, minha mãe, no dia do meu aniversário, me levou para comprar o tão sonhado TK3000//e! Nossa, eu nem acreditava. Agora sim um micro “de verdade” (como se o outro não fosse né? mas tudo bem…). Fomos no SHOPPING DE INFORMÁTICA do Largo do Machado, o maior centro de informática do Rio de Janeiro com umas… 6 lojas? :-p Foi nesse dia que eu vi um monitor colorido pela primeira vez, um “fantástico” CGA com 4 cores! Mas voltando ao que interessa… chegando na loja, minha mãe olha para o lado e vê o quê? Um MSX DD-PLUS e pergunta: “Você não quer levar esse aqui? É muito bonito!”… Claro que não, eu quero o TK3000!! Aqui nesse ponto preciso fazer uma observação: Cerca de um ano e meio depois… vendi o TK3000 para comprar um MSX (usado) e nem era o DD-PLUS… O motivo? Além dos joguinhos, o Beto30 e mais alguns amigos também tinham vendido seus Apple´s e comprado MSX´s… Resisti bravamente “isolado” durante alguns meses, mas não deu… Pouco tempo depois eu descobri um tal de Commodore Amiga… aí, bem, aí… é uma outra história que eu conto um outro dia… 😉

TK3000//e

 

MSX Expert DD Plus

 

 

 

 

 

 

Ainda fiquei uns 8 meses sem drive e monitor, mas cheguei a “equipar” bem o TK. TKWorks 256, Drive, Monitor, CPM… antes de vendê-lo. Foram muitas “aventuras”. Daquele tempo ainda tenho as placas de drive e CPM :-p

20 e poucos anos depois…

Agora, com pouco mais de 20 anos passados, tenho novamente um TK3000//e, dessa vez a versão Compact. O Apple IIGS do Beto não está mais sozinho aqui no AMX 😀

Tk3000//e Compact 128KB.

O TK3000//e chegou a uns 5 dias mais ou menos, muito sujo e sem saber se funcionava. Recebi a encomenda no trabalho e nem esperei chegar em casa pra testá-lo. Pra minha felicidade, o micro funcionou perfeitamente. Não podia faltar o famoso programinha “Hello World”, testei as 80 colunas, realizei o teste de memória… tudo ok!

Primeiro teste.

Teste de cores e de memória. Tudo OK!

Ocabo da fonte, percebe-se, está bem ressecado, o gabinete imundo, faltam as etiquetas e o cheiro de mofo era terrível.

Hora do banho…

Com um final de semana bem corrido e com alguns problemas pessoais pra resolver, só pude mexer nele no domingo a noite… Desmontei todo o TK3000 e dei um senhor banho! Quanta poeira!!! Acho que esse micro estava no lixo… 😀

Hora de desmontar.

Vai uma poeirinha aí?

Hora do banho!

A metade esquerda já foi lavada…

Retirei todas as teclas e as lavei uma por uma. Ficaram novas. Nem vão precisar de “retr0bright”. Já o gabinete, melhorou muito, consegui apagar algumas coisas que estavam escritas a lápis e retirar muito do encardido, mas ainda sim, um retr0bright será bem vindo.

Gabinete desmontado.

Todas as teclas foram retiradas e lavadas. Havia muita sujeira no teclado.

Mais poeira…

Fonte do Compact. Funcionando perfeitamente.

Próximo passo

Estou deixando as peças secarem bem. Não convém ter pressa agora. Farei a recuperação do gabinete antes de montá-lo novamente. Tenho alguns “upgrades” em vista, mas vou testá-lo mais um pouco antes de qualquer alteração.

Assim que tiver mais novidades eu posto aqui.

Abraços!

Esta entrada foi publicada em Apple ][ com as tags , , , , , , , , . ligação permanente.

2 Respostas a 20 e poucos anos depois… outro Apple II :-D

  1. Daniel Campos diz:

    Bacana meu amigo! Parabéns pela máquina!

    Não sabia que a sua “origem” tinha sido no AppleII…

    Abs,
    Daniel

    • Ritcho diz:

      Valeu Daniel!

      Pois é… pra mim, tudo começou “de verdade” no Apple. Antes um pouco, eu tive contato com um CP400 de um amigo. Esse amigo havia comprado um Apple (justamente um TK3000 Compact) e deixou comigo o CP400. Mas usei muito pouco e só pra joguinhos. Me interessei mesmo por informática durante o curso e como, de cara, comecei a programar no Apple, acabei querendo ter um. Depois dos dois Apple´s é que tive um Expert 1.1 e algum tempo depois o Amiga 500.

      Grande abraço!

Os comentários estão fechados